Fundo Projecto Coca Cola

Papel Interventor dos Bancos

Para o financiamento de projectos económicos, o Fundo deve celebrar contratos de prestação de serviços com um ou mais Bancos Comerciais, que agirão como agentes ou operadores e aos quais caberá entre outros:

 

  • Recolher e recomendar a melhor aplicação das receitas que o Fundo ponha à sua guarda;
  • Promover e publicitar o produto FPCC e captar o interesse de potenciais promotores de projectos, para investir na região;
  • Apoiar o Fundo a tomar decisões sobre os financiamentos a conceder para projectos económicos;
  • Averiguar da idoneidade e capacidade técnica e financeira dos promotores dos projectos;
  • Analisar a viabilidade técnica, financeira e económica dos projectos apresentados, bem como o risco de crédito inerente e proceder à sua aprovação;
  • Agenciar um sistema de garantias eficiente e eficaz, a ser necessária a execução dos bens ou valores dados sob garantia;
  • Celebrar os contratos de financiamento com os beneficiários e zelar pelos  respectivos desembolsos e reembolsos;
  • Acompanhar a execução dos projectos;
  • Informar mensalmente o Fundo sobre os movimentos havidos, incluindo a situação dos reembolsos;
  • Suportar o risco dos projectos, nos termos que vierem a ser acordados.

 

 

Em suma, ao abrigo destes Acordos, os Bancos devem garantir o acompanhamento contínuo dos processos de financiamentos desde a formulação dos pedidos, fiscalização rigorosa e até aos respectivos reembolsos, com o intuito de corrigir eventuais desvios em relação aos objectivos operacionais e à execução eficaz e eficiente do Programa anual do FPCC.

 
© FPCC Copyright. Todos os direitos reservados | webmail | by adsoul